Amém Já Te Levou Além?


Já pensou nas montanhas movidas pela fé – ou criadas? Que a chuva caia sem pressa e nossa fé se renove todos os dias.

Se Deus é inventado, Ele, sem sombra de dúvidas, superou seu criador – e ainda tomou esse título para si. Irônico? Nosso contato visual é limitado. E isso também é inquestionável. Tenho uma teoria que exageramos nos sentimentos devido à falta de capacidade de lidar com a inexperiência. E Deus também, para a maioria dos jalecos brancos, não passa de uma teoria. E estes mesmos desafiam os limites da visão. Microrganismos, telescópios, ao infinito e além, sem pronunciar, uma vez sequer: amém.

Existe outra hipótese que estamos todos perdidos e confusos. Ninguém sabe o que é, nem por quê. Tudo fica sustentado pela fé. E não há outra maneira, ou substituição. De repente, certo dia, olhamos para o lado e percebemos nossa insignificância diante da imensidão. Assusta. Perdemos o controle da situação. Desorientados. Largados. Rejeitados. Não consigo me convencer. E então surge – não sei se devo dizer literalmente, uma luz. Uma crença compartilhada. Um batuque que faz com que o tambor no peito ganhe ritmo novamente.

Carentes afetivos que somos. Patético? Vejo lágrimas de alegria e de perda. Vejo beleza nas duas. E se for para rezar no escuro, não vejo problema. É mais íntimo. Minha fé é um pouco abalada, uso-a diante de desespero, dúvidas, questionamentos… Abro mão. E quando isso acontece, sinto ausência que me invade o peito. Espaço que jamais poderá ser preenchido por algo real. Volto ao dilema: amém já te levou além?

Um beijo já me levou além, e um abraço também. Um sorriso já me garantiu alegria. Já tomei atitudes que nunca serão retribuídas e, de qualquer fora, me levaram além. Já ajudei quem precisou e prometi destacar o lado que mais admiro em mim. E por livre e espontânea vontade, esta virou minha religião. Não tenho uma Bíblia, mas tenho um dicionário. Bondade, Presença, Preocupação, Solidariedade, Compaixão. Estão todos lá. Meu Deus é a esperança que tenho em mim e nas outras pessoas.

Observe o vazio dentro de você em um momento de paz. Quando não estiver com medo. Quando não estiver com o coração apertado. Apenas observe. Filtre o que for necessário. Absorva suas ideias e não migalhas já mastigadas. Faça parte de uma doutrina, de uma instituição, de uma comunidade que seja fiel a seus valores. Invente alguma coisa se for necessário. Religião não deve ser maior que o próximo. Se for, meu Deus desconhece o seu. A fé deve brilhar, mas lembrar que toda estrela faz parte de uma constelação, e se tentar ser maior… Explode. Sua crença é você quem faz. A intensidade e a direção do vento é você quem determina.

4 comentários:

  1. Deus é minha fé
    seguindo treu blog e fanpage
    http://www.jeitosimplesdeser.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Se você gostar desse texto e quiser ler um pouquinho mais dos meus rascunhos, por favor viste: www.correioelegante.blog.br

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Nossa post perfeito ,emocionante!
    Cheguei a encher meus olhos de lágrimas .
    Beijos,
    http://primeiroseusonho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. ah, as vezes eu penso que Deus é algo que criamos
    para só nos sustentar, para não se dizer que isso acaba aqui
    que teremos continuação, mais ai eu penso que se não é
    só de eu escrever isso seria pecado, mais Deus não seria justiceiro
    se ele existe, ele sabe o que se passa no seu e no meu coração,
    e talvez não haja impunidade, porque as pessoas colocam Deus
    como justiceiro, ou impiedoso, que a qualquer ato ja nos julgam ?
    ah, me desculpa, invadir seu espaço, me aprofundei :)
    beijos, e gostei do texto, xau ;*
    http://passosmaisperto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O Blog Menina, te contei? é um blog de Moda, DIY e Lifestyle